Vigília da Resposta | 22/06/18

Curta a nossa página no facebook: facebook.com/advecoficial

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo te convida para uma noite de adoração, Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

4º Painel Teológico Central Gospel | Conhecendo a história dos reis de Israel

Curta a nossa página no facebook: facebook.com/advecoficial

Estamos ao vivo com o 4º Painel Teológico Central Gospel: Conhecendo a história dos Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Culto da Vitória | Pr. Eduardo Gonçalves & Lukas Agostinho | 21/06/2018

Curta a nossa página no facebook: facebook.com/advecoficial

Estamos ao vivo com o Culto da Vitória! O pastor Eduardo Gonçalves estará ministrando Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Santa Ceia | Terça | Pr. Silas Malafaia | 19/06/18

Estamos celebrando a Santa Ceia, uma ordenança de Jesus Cristo para sua igreja.
___
Rua Montevidéu 900 Penha | RJ
Assista ao Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Culto de Celebração | Pr. Renan Di Melo | 17/06/18

Inscreva-se em nosso canal: advec.org/inscrevase
Hoje estaremos louvando e adorando o nome do nosso Senhor! O pastor Renan Di Melo estará Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

EBD | Lição 12: Adoração como prioridade | Pr. | 17/06/2018

Inscreva-se em nosso canal: advec.org/inscrevase

Estamos ao vivo com a Escola Bíblica Dominical! Venha estar conosco aprendendo mais sobre a palavra Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Culto da Vitória | Pr. Antônio Orestes & Min. Sarando a Terra Ferida | 14/06/18

Curta a nossa página no facebook: facebook.com/advecoficial

Estamos ao vivo com o Culto da Vitória! O pastor Antonio Orestes estará ministrando Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Bem-vindo | Pr. Silas Malafaia

Bem-vindo ao canal oficial da Assembleia de Deus Vitória em Cristo. Aqui você encontrará palavras que edificarão a sua vida.
Compartilhe Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Culto Especial com Mike Bickle | 12/06/18

Estamos recebendo um convidado especial na ADVEC, o Pr. Mike Bickle, da International House of Prayer de Kansas City, uma Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Culto de Celebração | Pr. Clézio Araújo | 10/06/18

Hoje estaremos louvando e adorando o nome do nosso Senhor! O pastor Clézio Araújo estará ministrando a palavra para nós. Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

EBD | Lição 11: A Busca Constante da Santidade | Pr. Ronaldo de Jesus | 10/06/2018

Curta a nossa página no facebook: facebook.com/advecoficial

Estamos ao vivo com a Escola Bíblica Dominical
Venha estar conosco aprendendo mais sobre a Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Escola Bereana | Lição 11: A Busca Constante da Santidade | Prof. Alexandre Viana | 08/06/2018

Curta a nossa página no facebook: facebook.com/advecoficial

Estamos ao vivo com a Escola Bereana
Venha estar conosco aprendendo mais sobre a palavra Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Culto da Vitória | Pr. Renan Di Melo e Bruna Karla | 07/06/18

Curta a nossa página no facebook: facebook.com/advecoficial

Estamos ao vivo com o Culto da Vitória! O pastor Renan Di Melo estará Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Culto da Palavra | Pr. Gidalti Alencar | 05/06/18

Estamos ao vivo com o Culto da Palavra no templo sede da Assembleia de Deus Vitória em Cristo
Esteja conosco aprendendo Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Encontro de Crescimento Mulheres Vitoriosas | 05/06/18

Encontro de crescimento das mulheres vitoriosas.

Este encontro é especialmente feito para mulheres e acontece toda terça-feira às 17h na sala Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Encontro de Mulheres | Arena | 04/06/18

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Santa Ceia | Noite | 03/06/18

Curta a nossa página no facebook: facebook.com/advecoficial

Neste domingo às 18h30 para a igreja sede, estaremos celebrando a Santa Ceia, uma Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Santa Ceia | Noite | Pr. Silas Malafaia | 03/06/18

Curta a nossa página no facebook: facebook.com/advecoficial

Neste domingo às 18h30 para a igreja sede, estaremos celebrando a Santa Ceia, uma Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Escola Bereana | Lição 10: Fidelidade Incondicional a Deus | Prof. Jailton Lima | 01/06/2018

Curta a nossa página no facebook: facebook.com/advecoficial

Estamos ao vivo com a Escola Bereana
Venha estar conosco aprendendo mais sobre a palavra Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Culto da Vitória | Pr. Elson de Assis e Rachel Malafaia | 31/05/18

Curta a nossa página no facebook: facebook.com/advecoficial

Estamos ao vivo com o Culto da Vitória! O pastor Elson de Assis estará Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
Visite também: caminhandocomjesus.com.br

Culto da Palavra | Pr. Alfredo Campos | 29/05/18

Estamos ao vivo com o Culto da Palavra no templo sede da Assembleia de Deus Vitória em Cristo
Esteja conosco aprendendo Continue lendo

História da Assembleia de Deus Vitória em Cristo https://www.facebook.com/advecoficial
https://www.advec.org/

Um pequeno resumo do nosso caminho com Cristo.

Em 20 de maio de 1959, a então Assembleia de Deus da Penha foi fundada pelo pastor José Pimentel de Carvalho, que esteve à frente do ministério por dois anos e meio.

No ano de 1962, o pastor Sebastião Ferreira Pinto substituiu o pastor Pimentel, por cerca de um ano. Posteriormente, o pastor Augusto Costa foi líder da igreja provisoriamente e permaneceu três meses à frente dos trabalhos.

No fim de 1963, o pastor José Santos assumiu a igreja no e no início de 1964 organizou os trabalhos na Assembleia de Deus na Penha.

Sua marca foi a pacificação. Ele desempenhou um pastorado abençoado por Deus. Ao assumir a presidência da igreja, havia sete congregações: Taborari, Proletária (Rua Doze), Morro da Fé, Morro do Sereno, Vila da Penha, Marcílio Dias e Rua Coimbra (extinta).

Um dos fatos marcantes na gestão do pastor José Santos foi a inauguração do templo na Rua Montevidéu, em 30 de novembro de 1996.

Em 3 de fevereiro de 2010, pastor José Santos descansou no Senhor após 58 anos a frente do ministério. Viveu por 60 anos ao lado de Maria Leal, com quem teve 11 filhos. Deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais, distribuídas nos estados do Rio de janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

No dia 2 de março de 2010, o pastor Silas Lima Malafaia foi indicado de forma unânime pelo ministério da igreja para assumir a liderança da Assembleia de Deus na Penha, hoje Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Desde então o ministério da ADVEC está em expansão constante graças a liberalidade de um povo que sabe onde semeia. Hoje, nossa história continua a ser escrita pelas mãos de mais de 35 mil membros.

Pastor Silas Malafaia

Defende incansavelmente a fé cristã, os princípios e valores éticos, morais e espirituais da igreja de Jesus Cristo. Lidera há 7 anos a nossa igreja.
Conferencista cada vez mais reconhecido, o pastor Silas Malafaia é um incansável pregador da Palavra de Deus com livre circulação nas diversas denominações existentes no Brasil e no exterior. Seu estilo eloqüente, franco, direto e questionador são características que marcam a sua trajetória ao longo de 28 anos como defensor da fé cristã.

Os princípios e os valores éticos, morais e espirituais da Igreja de Cristo são a sustentação para um ministério atuante em segmentos fundamentais para a divulgação do evangelho, como as áreas televisiva, editorial e fonográfica.

Na televisão, o pastor Silas Malafaia marca presença com o programa Vitória em Cristo, exibido há 28 anos em rede nacional em diversas emissoras. O programa tem alcance internacional com transmissão para os Estados Unidos, Europa e África.

Além de atender convites para ministrar estudos bíblicos, palestras e congressos, o pastor Silas Malafaia está à frente de propostas ousadas. Todos os anos ele organiza eventos de repercussão como o Congresso Pentecostal Brasileiro Fogo para o Brasil, Congresso de Avivamento Despertai, a Cruzada Vida Vitoriosa para Você e a Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo, ações que objetivam difundir a mensagem de salvação, por intermédio de Jesus, para o maior número de pessoas no Brasil.

Dentre outras atribuições, estão ainda a presidência da Editora Central Gospel e da gravadora Central Gospel Music, e a presidência do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB), entidade que agrega mais de 8,5 mil pastores brasileiros.

No dia 02 de março de 2010, o pastor Silas Malafaia assumiu mais um grande desafio: liderar a Assembleia de Deus na Penha (RJ), mais tarde denominada Assembléia de Deus Vitória em Cristo, no lugar do saudoso pastor José Santos, que esteve à frente desse ministério, em franco crescimento, por 47 anos. Em meados de 2017, a igreja já contava com mais de 50 mil membros.

O pastor Silas Malafaia atribui o crescimento do seu ministério à direção de Deus na sua vida, à sua fé e à sua obediência ao Senhor, princípios que o mantém firme em suas convicções como servo de Cristo. As orações e as contribuições dos Parceiros Ministeriais são fundamentais para que esta obra prossiga cada vez mais frutífera.

Por sua efetiva contribuição à sociedade, o pastor Silas Malafaia foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembléia Legislativa do Estado, e a Medalha do Pacificador, entregue pelo Exército Brasileiro.

Pastor Odilton Ângelo

Pastor, conferencista internacional. Formado em História e Teologia. Foi dirigente de várias filiais e atualmente é vice-presidente da ADVEC
Desde 1996 o Pastor Odilton Ângelo tem se dedicado de forma integral ao Ministério Pastoral na Assembleia de Deus Vitoria em Cristo. Nascido no Espírito Santo, chegou ao Rio de Janeiro para viver um romper de Deus e enfrentar grandes desafios. Antes de se tornar pastor, dirigiu as filiais Avenida Meriti, Sereno e Rua Cem. Já no ano em que foi consagrado à pastor, recebeu a missão de dirigir a filial Aimoré, conhecida na época como Shalon, e permaneceu lá por onze anos. Depois, de 2008 à 2010, pastoreou a filial Méier onde inúmeras vidas passaram por ele e puderam ver sua fidelidade à Deus e o cuidado que tinha com as almas.

Casado com a cantora Jozyanne e pai de Isabella e Manuella, Pastor Odilton e sua família mostram a fidelidade de Deus diante das lutas que enfrentaram. Muitas vezes as grandes vitórias que receberam se transformaram novas canções para que eles pudessem contar a todos os bons feitos do Senhor. Sua família se dedica a obra de Deus e está sempre disponível para servir com excelência.

Pastor Odilton tem se destacado não só como Pastor, mas também como pregador da Palavra de Deus, ministrando em quase todos os estados do Brasil além de outros países ao redor do mundo. Ele mostra com sua vida como o posicionamento de um cristão se faz necessário nos dias de hoje sendo íntegro, justo e honesto, sem desviar os seus olhos do caminho e da vontade de Deus.

Formado em História e Teologia, desde 2010, Pastor Odilton Ângelo é vice-presidente da ADVEC e tem colaborado de forma significativa para o crescimento deste ministério. Junto à essa missão, ele também tem cuidando das ovelhas do Senhor com amor e sempre ajudando quando necessário, atendendo com cautela e deixando uma palavra de conforto a todos os irmãos.

Pastor José Santos

Pastor durante 47 anos da AD PENHA, atual ADVEC, deixou um grande legado para toda igreja do Brasil.
Na pequena cidade de Baltazar (RJ), em 30 de abril de 1927, nasceu o filho do funcionário público Claudionor Santos e da dona de casa Sebastiana Pereira dos Santos chamado José Santos. Quando ele estava com um ano e quatro meses de idade, sua mãe faleceu de complicações no parto de seu segundo filho, que também não resistiu. De infância pobre, José Santos teve desde então os cuidados de sua tia Emília, a quem chamava de mãe, e de sua prima Celina.

Na adolescência começou a forjar seu caráter com o trabalho duro na roça. Em sua juventude José Santos concluiu os estudos e trabalhou como guarda-chaves da antiga estação de ferro Leopoldina, em Santo Antonio de Pádua, onde sonhava em ter um futuro tranqüilo como funcionário público. Naquela época ele não imaginava que Deus o chamaria para abrir portas para a pregação das boas novas do Seu Reino.

Na noite de 3 de novembro de 1948, em um culto realizado na casa de sua futura esposa, a irmã Maria Leal, José Santos creu em Jesus Cristo e o recebeu como Senhor e Salvador da sua vida. A entrega foi total no dia 13 de novembro de 1948,quando foi batizado com o Espírito Santo. No dia 2 de janeiro de 1949, batizou-se nas águas e tornou-se membro da Assembleia de Deus local.

Em 29 de julho de 1950, o jovem José Santos casou-se com Maria Leal, sua amiga e companheira por mais de meio século. Ainda na década de 50, apoiado por sua esposa, passou a empenhar-se no estudo e na pregação da Palavra de Deus. O ministério desse homem de Deus cresceu, ganhou ares nas pequenas cidades deBaltazar, Aperibé e Itaocara, onde trabalhava como pregador itinerante e auxiliava as igrejas locais.

No mês de março de 1952 foi consagrado ao pastorado e comissionado pela Igreja Assembleia de Deus de São Cristóvão para dirigir o trabalho missionário na cidade de Carangola (MG).

Enquanto permaneceu em Carangola, o jovem pastor implantou trabalhos em cidades vizinhas. Ali, acompanhado de sua esposa, José Santos gastou 11 anos alicerçando as estruturas das Assembléias de Deus naquela região, numa época em que a perseguição contra os evangélicos no Brasil era muito severa.

Após esse período, foi transferido para a igreja Assembleia de Deus de Valença (RJ), onde permaneceu por um ano. Em 1964, atendendo a indicação da liderança de sua igreja, aceitou o convite para pastorear a Assembleia de Deus na Penha, na capital do Rio de Janeiro. Na época era congregação da Assembleia de Deus de São Cristóvão. Alguns anos depois foi emancipada.

O rebanho na Penha precisava de um pastor, um pacificador, pois a igreja passava por um momento difícil.

Na Rua Honório Bicalho, nº 88, o pastor José Santos seguiu uma trajetória constante por 33 anos, até mudar para o novo templo. Durante esse período a igreja experimentou um franco crescimento, multiplicando o número de seus membros, implantando congregações e ampliando seu raio de ação pelas regiões vizinhas.

Seu trabalho era reconhecido pelas principais lideranças das Assembléias de Deus no Brasil e do movimento pentecostal no Rio de Janeiro. José Santos exerceu importantes cargos na Convenção das Assembléias de Deus do Estado do Rio de Janeiro.

Com a expansão da obra de Deus e o crescente número de membros, foi necessária a construção de um novo templo sede. Em 11 de março de 1990, foi realizada a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da construção do novo templo, situado à Rua Montevidéu, nº 1.191, Penha, Rio de Janeiro (RJ).

O pastor José Santos mobilizou toda a igreja, que se envolveu com ofertas, campanhas para a edificação do templo e doações de materiais de construção, o que permitiu o início da obra em junho de 1991.

A inauguração do novo templo da Assembleia de Deus na Penha na Rua Montevidéu aconteceu em 30 de novembro de 1996. O templo possui quatro andares. Uma nova fase iniciou-se nessa igreja, com intensos evangelismos em presídios, hospitais e asilos; cruzadas evangelísticas; projetos sociais em comunidades e a estruturação dos diversos departamentos do templo sede.

O pastor José Santos cumpriu sua missão em 58 anos de ministério e 60 anos de união com Maria Leal, com quem teve 11 filhos, os quais servem a Jesus Cristo. Ele deixou a Assembleia de Deus na Penha, atual Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no ano de 2010, com cerca de 15 mil membros, compromissados com o Reino de Deus, reunidos em 89 filiais distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo e todo o Corpo de Cristo no Brasil reconhecem o legado que o pastor José Santos deixou. Todas as obras em prol do evangelho demonstram o exemplo de homem de caráter, pai e pastor amoroso e líder espiritual que ele foi. Todos agradecem a Deus pelo período memorável em que conviveram com o pastor José Santos.

Porque vivemos por fé, e não pelo que vemos.
Visite também: informedigital.com.br